PostImage 5DesportosParaPraticarnaSerradaEstrelanoVerao 560x416 - 5 Desportos Para Praticar na Serra da Estrela no Verão

Enquanto algumas regiões de Portugal atingem no verão temperaturas demasiado altas, a Serra acaba por ser um local mais fresco e agradável para fazer várias atividades outdoor, com ótimas condições para algumas em particular. E talvez não saiba, mas esta é uma região muito económica no verão.

Apresentamos 5 sugestões de desportos para praticar na Serra da Estrela nos meses mais quentes do ano.

Montanhismo

A Trans Serrano organiza atividades de montanhismo nesta zona montanhosa, que proporcionam um percurso incrível à medida que se ascende ao ponto mais mítico desta Serra, o Cântaro Magro. A envolvente e a própria natureza são fantásticas, marcadas pela paisagem granítica, pela vegetação rasteira e fauna típica de altitude. Inclui um rapel no Cântaro Magro com cerca de 30 metros. É um percurso circular, com 6 km de extensão e desnível de 498m. Nível de dificuldade elevado, com subida pronunciada logo de início. O tipo de piso é muito irregular e a descida é também bastante declivosa e irregular. Início e final do percurso: Covão da Ametade (1430m).

PostImage 5DesportosParaPraticarnaSerradaEstrelanoVerao mountaineering - 5 Desportos Para Praticar na Serra da Estrela no Verão

Também pode fazer escalada ou rapel no SkiParque Serra da Estrela, para quem se inicia nesta modalidade ou para quem já é conhecedor da técnica, estando disponíveis programas diversificados. Têm monitores qualificados que, em grande segurança, o apoiarão numa experiência inesquecível, de preferência vivida em grupo.

Caminhada

Por toda a Serra da Estrela estão assinalados inúmeros percursos pedestres; só no Concelho de Manteigas foram recentemente abertos 18 percursos num total de 200 km. O verão é uma ótima altura para fazer estas caminhadas até porque não tem de ser cuidados redobrados como no inverno, em que as superfícies húmidas se congelam e ficam muito escorregadias.

Descubra paisagens de sonho, senta a liberdade no topo da montanha e deslumbre-se com a beleza natural e inspiradora destas paisagens. Alguns locais de interesse: Poço do Inferno, Covão d’Ametade, Rota das Faias, Vale do Rossim, Covão dos Conchos, Vale Glaciar, os Cântaros (Gordo, Magro e Raso), Covão da Ponte, Torre.

A equipa do Skiparque, por exemplo, organiza regularmente passeios pedestres através da Serra da Estrela e está habilitada para o guiar com perícia.

Aproveite também para dar uns mergulhos nas águas límpidas de lagoas de altitude, praias fluviais e piscinas naturais escondidas.

BTT

Utilizando bicicletas todo o terreno pode dar passeios mais curtos ou mais longos através da montanha. Experimente e viva a natureza na sua plenitude, aventure-se por trilhos desconhecidos e descubra o prazer de andar de bicicleta em pleno coração da Serra da Estrela.

O Centro de BTT Seia Aldeias de Montanha é uma infraestrutura de animação permanente vocacionada para apoiar os praticantes de BTT e cicloturismo de montanha. compreende um conjunto de quatro itinerários que, pela abrangência e diversidade de locais percorridos, representam uma das formas mais enriquecedoras de conhecer a região:

PostImage 5DesportosParaPraticarnaSerradaEstrelanoVerao MtB - 5 Desportos Para Praticar na Serra da Estrela no Verão

  • Rota das Vinhas – Percurso circular de muito baixa dificuldade que se desenvolve na envolvente da aldeia de Santa Comba, proporcionando a travessia de áreas campestres de vinhas, olivais e pinhais.
  • Rota do Vale do Seia – Percurso circular de moderada dificuldade, que acompanha as margens do Rio Seia, passando por vários vestígios que remontam à Idade Média. Percurso com vários pontos de apoio.
  • Rota das Centrais – Percurso circular de elevada dificuldade física que se desenvolve em plena encosta da serra da Estrela. Inclui a passagem por vias que proporcionam uma ampla vista sobre o Vale Médio do Mondego e a travessia por locais emblemáticos como a praia fluvial da Lapa dos Dinheiros e o lugar da Senhora do Desterro.
  • Rota das Penhas Douradas – O circuito tem um grau de dificuldade muito elevado, apenas para os mais bem preparados fisicamente, mas de grande qualidade pelo tipo de trilhos e desafios proporcionados. É um percurso circular que inclui a passagem por áreas de montanha, situadas a altitudes próximas dos 1500m, destacando-se o Vale do Rossim e as Penhas Douradas. A partir das Penhas Douradas, faz a ligação ao percurso 15 do CBTT de Manteigas, permitindo a realização de uma grande rota, que poderá ser percorrida em dois dias.

Ski

Ski no Verão? Sim! No SkiParque, numa pista sintética, onde os visitantes de todas as idades, e em qualquer época do ano, poderão experimentar a sensação de descer a encosta com os pés assentes num par de esquis ou deitado numa prancha de snowboard.

Seja para se iniciar ao Ski ou ao Snowboard seja para descer na pista de 400 metros, o SkiParque oferece durante todo o ano ótimas condições para a prática desta modalidade.

Em grupo ou individualmente, com monitor ou sozinho, pode testar a sua forma e dar asas à liberdade perante uma paisagem de elevar a respiração.

Durante os meses de verão, é necessário um mínimo de 5 pessoas para a utilização das pistas.

Slide

Trata-se de uma descida rápida, onde o praticante desliza por um cabo de aço com um declive entre dois pontos. Este é um desporto que implica movimentos rápidos que transmitem sensações fortes.

O slide permite obter uma sensação próxima da de voar e é considerado, por muitas pessoas, uma das atividades que proporciona uma das maiores doses de adrenalina.

No SkiParque pode experimentá-lo com total segurança, na pista de aprendizagem e no meio das árvores do parque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *